quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Brasa OS 1.1














Queridos Amigos,

Brasa OS 1.1 disponível e melhor que nunca:

- Nova Arte.
- Repositórios Debian Testing para compatibilidade dos pacotes.
- Pequenas correções e melhorias.
- Navegação anônima por padrão.
-  instalador único com:
 - xorg
 - openbox
 - obconf
 - obmenu
 - slim
 - alsa-utils
 - asunder
 - audacity
 - banshee
 - bleachbit
 - boinc
 - brasero
 - calibre
 - conky-all
 - default-jre
 - docker
 - empathy
 - evince
 - fatrat
 - file-roller
 - flashplugin-nonfree
 - gimp
 - git-core
 - gksu
 - gparted
 - icedtea-plugin
 - isomaster
 - keepassx
 - leafpad
 - libreoffice
 - midori
 - network-manager
 - network-manager-gnome
 - network-manager-pptp-gnome
 - nitrogen
 - ntp
 - p7zip-full
 - pcmanfm
 - playonlinux
 - privoxy
 - radiotray
 - shotwell
 - shutter
 - smplayer
 - tint2
 - tomboy
 - tor
 - unetbootin
 - unrar
 - xsane
 - xscreensaver
 - xscreensaver-data
 - xscreensaver-data-extra
 - xscreensaver-gl
 - xscreensaver-gl-extra

Um Abraço !

sábado, 8 de setembro de 2012

Brasa OS 1.0

Queridos Amigos,

Com grande prazer anuncio o lançamento do Brasa OS 1.0.


- Novo Instalador.
- Nova arte personalizada.
- Navegação anônima pré configurada na versão completa.
- Pequenas melhorias.
- Nova seleção básica de pacotes com:
- apt-build
- xorg
- openbox
- obmenu
- docker
- tint2
- slim
- nitrogen
- pcmanfm
- leafpad
- alsa-utils
- brasero
- isomaster
- midori
- gimp
- xsane
- shutter
- default-jre
- icedtea-plugin
- flashplugin-nonfree
- p7zip-full
- playonlinux
- gksu

- Novo instalador opcional completo acrescentando:
- asunder
- audacity
- banshee
- bleachbit
- fatrat
- keepassx
- libreoffice
- network-manager
- network-manager-gnome
- network-manager-pptp-gnome
- privoxy
- smplayer
- tor
- xscreensaver

Até a pŕoxima !

domingo, 8 de julho de 2012

Instalação e Configuração do Plymouth Linux

Plymouth é um gerenciador Linux para animações gráficas no boot.
Ele permite ocultar o log de texto do boot e mostrar belas animações gráficas antes da tela de login.

Instalação no Brasa OS: apt-build install plymouth.
Instalação no Debian e Derivados: apt-get install plymouth.

Configuração:


1 - Listar os temas instalados com "plymouth-set-default-theme -l"
2 - Selecionar o tema preferido com "plymouth-set-default-theme (nome_do_tema) --rebuild-initrd"
4 - Editar /etc/default/grub
5 - Localizar "GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="quiet"
6 - Substituir por "GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="quiet splash"
7 - Editar /etc/grub.d/00-header
8 - Localizar: "if [ "x${GRUB_GFXMODE}" = "x" ] ; then GRUB_GFXMODE=640x480 ; fi"
9 - Substituir para:
if [ "x${GRUB_GFXMODE}" = "x" ] ; then GRUB_GFXMODE=640x480 ; fi
if [ "x${GRUB_GFXPAYLOAD}" = "x" ] ; then GRUB_GFXPAYLOAD=640x480 ; fi

10 - Localizar:

if loadfont `make_system_path_relative_to_its_root "${GRUB_FONT_PATH}"` ; then
set gfxmode=${GRUB_GFXMODE}
load_video
insmod gfxterm

11 - Substituir por: 

if loadfont `make_system_path_relative_to_its_root "${GRUB_FONT_PATH}"` ; then
set gfxmode=${GRUB_GFXMODE}
set gfxpayload=${GRUB_GFXPAYLOAD}
load_video
insmod gfxterm

10 - Executar update-grub
11 - reboot

É mais fácil do que parece.

Até a próxima!

sábado, 9 de junho de 2012

Brasa OS 0.9

Queridos Amigos,

Brasa OS, sua distribuição Linux de alta performance, em novíssima versão.

- Nova arte gráfica.
- Novo gerenciador de papéis de parede: Nitrogen.
- Upgrade opcional para versão completa com inúmeros programas.
- Suporte para scaner Canon Lide 110 na versão completa.

E muito mais...

Disponível gratuitamente em www.brasa-os.blogspot.com

Até a próxima !!!

terça-feira, 5 de junho de 2012

Navegação Anônima

Cada página existente na internet é identificada por um número, o endereço IP.
O mesmo também acontece com todo computador que se conecta na rede.

Quando visitamos uma página, deixamos registrado o IP do nosso computador e também várias informações como o navegador utilizado, o sistema operacional e a página anterior.

Isso é usado para análise estatística dos visitantes, bem como exibir propaganda relacionada.

Porém, páginas mal intencionadas, governos autoritários e empresas curiosas podem usar esse endereço particular para capturar informações pessoais ou até confidenciais, iniciar ataques cibernéticos ou simplesmente vender seus hábitos de navegação para terceiros, tudo sem sua autorização.

Isso é um sério problema de segurança e privacidade.

Mas tem solução.

Podemos navegar de forma anônima.

Usando um proxy que acessa a página, fornecendo o IP dele, mas repassa o conteúdo para nosso computador.

Existem milhares de proxys espalhados pela grande rede.

Basta procurar.

Mas isso também gera um problema: Se o proxy é mal intencionado pode capturar informações confidenciais que recebe do seu computador.

O que fazer?

Podemos torificar nossa rede.

Tor é um aplicativo desenvolvido inicialmente pelo departamento de defesa dos Estados Unidos.

Ficou disponível e foi modificado para uso civil.

Esse aplicativo faz uma rede criptografada em camadas.

Onde um computador solicita uma página, isso é repassado para outra máquina, que repassa para outra, até que a página é acessada e transferida num circuito randômico que dificulta bastante ou até inviabiliza obter o endereço IP de onde partiu a solicitação.

Tor deve ser usado, preferencialmente com um proxy local que complemente sua segurança.

Aí entra Privoxy.

Esse proxy limpa as informações que seu computador passa para a rede, permitindo uma navegação anônima bastante segura.

A dupla Tor + Privoxy é uma das melhores soluções para navegação anônima e segura.
Ao custo de possível lentidão e poucas páginas que não abrem.

Para instalar no Brasa OS: apt-build install tor privoxy

Para instalar no Debian e derivados: apt-get install tor privoxy

Para a configuração mais simples edite apenas o arquivo /etc/privoxy/config, acrescentando a linha "forward-socks5   /               127.0.0.1:9050 ." no final do arquivo.

Configure seu navegador para acessar a Internet pelo proxy http 127.0.0.1:8118.

Reinicie o sistema.

Até a próxima !


domingo, 4 de março de 2012

Brasa OS 0.8

Brasa OS, sua distribuição Linux de alta performance, está ainda melhor !!!

Lançada a versão 0.8:

- Nova arte gráfica.
- Novo gerenciador de arquivos: Thunar.
- Novos Menus, com comandos personalizados.
- Montagem automática de cds e pendrives.
- Pequenas Melhorias.

Mais detalhes em www.brasa-os.blogspot.com

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Brasa OS 0.7

Lançada hoje a versão 0.7 do Brasa OS.

Novo layout, com splash de instalação, tela de login e wallpaper personalizados.
Novo esquema de cores.
Seleção de pacotes iniciais ainda melhor, permitindo personalização completa do sistema.
Instalação ainda mais rápida e pequenos bugs corrigidos.

Maiores detalhes em: www.brasa-os.blogspot.com

Brasa OS, sua nova distribuição Linux, ainda melhor !


Até a próxima.

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Brasa OS V 0.6

Queridos Amigos,

Foi lançada a versão 0.6 do Brasa OS.

Agora com instalador menor, apenas 10 MB e uma seleção aprimorada dos pacotes iniciais, visando uma instalação mais rápida.

Brasa OS está disponível nas versões 32 Bits e 64 Bits.

Maiores informações em:

www.brasa-os.blogspot.com
www.brasa-os-en.blogspot.com

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Brasa OS

É com muito prazer que anuncio o nascimento de uma nova distribuição Linux.

Brasa OS é um revolucionário sistema operacional baseado no Debian, com interface gráfica leve e instalação compilada dos pacotes.

Rápido, estável e grátis.

Maiores detalhes em www.brasa-os.blogspot.com

Até a próxima.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Programas Compatíveis com Wine - Linux

Ao contrário do que muitos pensam, Wine não é um emulador de Windows.
Ele traduz as instruções compiladas para Windows no seu equivalente Linux, de forma que o programa roda como um programa nativo.
Funciona mais como um interpretador, mas de ótima qualidade e velocidade.
Programas executados pelo Wine costumam ser mais rápidos que no ambiente original.

Funciona muito bem com o PlayOnLinux, uma interface gráfica que automatiza bastante o processo de instalação e configuração de programas.

Totalmente compatível com o Steam, gerenciador de jogos da Valve, permite rodar a maioria dos jogos. 

Segue uma lista de alguns jogos Steam compatíveis:

Beat Hazard, Call of Duty: World at War, Chessmaster, Counter-Strike, Counter-Strike: Condition Zero, Conter Strike: Condition Zero Deleted Scenes, Counter-Strike: Source: Counter-Strike: Source Beta, Day of Defeat, Day of Defeat: Source, Dead Space, Deathmatch Classic, FEAR, FEAR: Extraction Point, FEAR: Perseus Mandate, FEAR 2: Project Origin, Grid, Half Life, Half Life 2, Half Life 2: Deathmatch, Half Life 2: Lost Coast, Half Life: Blue Shift, Half Life: Opposing Force, Left 4 Dead 2, Mass Effect, Need for Speed: Undercover, Portal, Quake 4, Ricochet, SimCity 4 Deluxe, Star Wars: Empire at War Gold, Team Fortress Classic, Unreal Tournament 3: Black Edition.

Lista de jogos comuns compatíveis:

Command & Conquer Generals, Comanche 4, F 22 Lightning 3, Rally Trophy, Virtual Pool 3.

A Lista cresce com as novas versões do Wine.

Para instalar programas de um CD, copie o cd inteiro para uma pasta temporária no HD e faça a instalação a partir dessa pasta.

Jogos que verificam o CD terão que ser crackeados para rodar direto.

Certifique-se de instalar corretamente o driver da sua placa de vídeo e desta ser compatível com o jogo selecionado.

Atualize sempre a versão do Wine no PlayOnLinux.

Se alguns jogos ficarem lentos, entre nas opções e diminua a qualidade gráfica ao mínimo.
Depois aumente até chegar a uma boa relação qualidade x velocidade.

Essa página não recomenda a instalação de jogos e programas piratas, isso é ilegal e pode danificar seu computador.

Até a próxima !

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Fácil Instalação do Driver do Scanner Canon Lide 110 no Debian e Derivados.

Segue um script que automatiza a instalação do driver:

# Instalador do driver do Scanner Canon Lide 110
# Marcelo Marchi Negreira
# 11/01/2012
# Início
apt-get update
apt-get install libusb-dev build-essential libsane-dev git-core
mkdir /usr/src/sane-backends
git clone git://git.debian.org/sane/sane-backends.git /usr/src/sane-backends
cd /usr/src/sane-backends
./configure --prefix=/usr --sysconfdir=/etc --localstatedir=/var
make
make install
cd /usr/src/sane-backends/backend/
cp dll.conf /etc/sane.d/
cp genesys.conf /etc/sane.d/
# Fim

1 - Copie o script acima e salve no HD com o nome DriverLide110.sh
2 - Como root, dê permissão de execução.
3 - Ainda como root, execute o script conectado à Internet.

No final do processo o driver estará compilado e instalado.
E você poderá acessar o equipamento com o programa de sua preferência, mas apenas como root.

Como todas as dicas desse blog, use esse script por sua exclusiva conta e risco.

Até a próxima !