segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Lançador Eletromagnético de Cargas Espaciais


Finalidade:

Enviar cargas espaciais, inclusive astronautas, usando propulsão eletromagnética em veículo lançador levitante por trilhos supercondutores.

Funcionamento:

Uma estação de lançamentos é construída próxima a uma grande montanha, com vários quilômetros de trilhos magnéticos supercondutores, num túnel semi-isolado, onde a pressão atmosférica iguala-se a saída com ar rarefeito no topo da montanha.

O sistema é alimentado por energia elétrica, preferencialmente oriunda de uma pequena usina nuclear própria.

A extensão do túnel deve ser calculada de forma que seja possível acelerar o veículo lançador até uma velocidade que permita alcançar as órbitas desejadas.

A curvatura do túnel deve ser calculada para que a força G resultante não exceda a integridade da carga, das estruturas envolvidas ou dos tripulantes.

Vantagens:

Esse sistema permitiria o lançamento de cargas espaciais ao custo de uma fração do lançamento tradicional com foguetes.

Quase toda a energia usada vem da estação de lançamentos, o veículo lançador só precisa levar combustível suficiente para ajustar a órbita e para as manobras espaciais de reentrada. O peso da carga não inclui a maior parte do próprio combustível.

O lançamento seria mais preciso, pois a velocidade do veículo lançador seria monitorada por toda a extensão do túnel, garantindo-se a órbita esperada, com pouco ou nenhum gasto de combustível externo.

A estação de lançamentos poderia operar de forma quase ininterrupta, pois não existe a necessidade de manutenção demorada nos equipamentos.

Ao se usar o topo de uma grande montanha como saída do lançador espacial e um túnel de lançamento isolado da estação de acesso com a mesma pressão atmosférica do alto da montanha, garante-se menor atrito ao deslocamento do veículo.

Dificuldades técnicas:

É sem dúvidas uma grande obra de engenharia.
Construir um túnel, com trilhos supercondutores eletromagnéticos, por dentro de uma montanha, em direção ao topo, será um grande desafio.

Observações:

O projeto inicial prevê a construção de um túnel de lançamentos, mas nada impede que outros sejam construídos para operações simultâneas.

Expectativas:

Tal projeto é apenas uma ideia.
Mas, os sonhos de hoje, fazem a realidade do amanhã...

Marcelo Marchi Negreira
19/02/2018





Nenhum comentário: